Coreia do Norte dispara mais mísseis; é o terceiro teste em duas semanas

  • 14/01/2022
Coreia do Norte dispara mais mísseis; é o terceiro teste em duas semanas
Coreia do Norte dispara mais mísseis; é o terceiro teste em duas semanas (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (14), o Japão e a Coreia do Sul detectaram o lançamento de mísseis balísticos de curto alcance pela Coreia do Norte. Em duas semanas, esse é o terceiro teste feito pelo país liderado por Kim Jong-un.

A Coreia do Sul realizou uma reunião de emergência do Conselho de Segurança Nacional. Segundo o Estado-Maior Conjunto sul-coreano, os mísseis foram disparados com um intervalo de 11 minutos a partir da província de Pyongan do Norte, onde o país vizinho tem importantes bases de mísseis e frequentemente realiza testes, conforme o G1.

Os mísseis voaram 430 km de distância e a uma altitude máxima de 36 km antes de pousar no mar, segundo os militares da Coreia do Sul.

Já a guarda costeira do Japão informou ter detectado “o lançamento, da Coreia do Norte, do que parece ser um ou vários mísseis balísticos, às 14h55” (2h55 no horário de Brasília).

Ameaça à segurança

“As ações da Coreia do Norte, incluindo os repetidos lançamentos de mísseis balísticos, são uma ameaça à segurança de nossa nação e da região e são uma questão importante para toda a sociedade internacional”, disse Hirokazu Matsuno, secretário-chefe de gabinete do Japão.

Os lançamentos anteriores foram de mísseis hipersônicos, que são mais difíceis de serem detectados e capazes de atingir altas velocidades e fazer manobras após o lançamento.

Pyongyang segue em frente com seus testes, mesmo com a proibição sob a lei internacional. São os primeiros testes desde que os Estados Unidos impuseram novas sanções aos norte-coreanos.

“Estão tentando chamar a atenção”

As negociações nucleares entre Coreia do Norte e EUA permanecem paradas. Para Antony Blinken, secretário de Estado dos Estados Unidos, os testes de mísseis pelo governo norte-coreano “são desestabilizadores e perigosos”. 

Embora o governo americano esteja tentando um acordo com os norte-coreanos, Pyongyang não respondeu até agora a nenhuma abertura diplomática a Washington. 

De acordo com a CNN Brasil, a administração de Biden impôs sanções sobre os programas de armas da Coreia após a série de lançamentos de mísseis, incluindo os testes das últimas semanas. 

“Acho que parte disso é a Coreia do Norte tentando chamar a atenção”, disse Blinken. “Isso já foi feito no passado. Eles provavelmente continuarão a fazer isso”, continuou.

Ele disse também que “os Estados Unidos e seus aliados estão focados em garantir que estejam protegidos e que haja repercussões para a atividade de mísseis do Norte”, concluiu. 

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/coreia-do-norte-dispara-mais-misseis-e-o-terceiro-teste-em-duas-semanas.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes