Ana Paula Valadão ministra em presídio de Angola e mais de 60 homens são batizados

  • 14/06/2024
Ana Paula Valadão ministra em presídio de Angola e mais de 60 homens são batizados
Ana Paula Valadão ministra em presídio de Angola e mais de 60 homens são batizados (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (14), a pastora Ana Paula Valadão, que está na África em uma viagem missionária com a família, batizou mais de 60 homens em um presídio em Angola.

Na ocasião, Ana e o filho Isaque ministraram o louvor e Gustavo, seu esposo, pregou a Palavra de Deus. 

“Batizamos mais de 60 novos irmãos em Cristo na Penitenciária em Huambo. Culto lindo”, compartilhou ela no Instagram.

Os pastores Eugênio e Itamar, líderes da Igreja Diante do Trono em Angola, também participaram do estudo bíblico no presídio.

Todos os domingos, os cristãos realizam um culto no local. Às quintas-feiras, os detentos têm a oportunidade de ouvir o Evangelho durante um estudo bíblico.

“Muitos ao sair se tornam membros da igreja. Glória a Deus por isso”, disse Ana.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ana Paula Valadão Bessa (@anapaulavaladao)

Um dos homens que foi batizado no local, recitou versículos bíblicos e testemunhou: “Hoje eu estou aqui porque estou cansado e quero me entregar a Jesus”.

Missão DT

Através da Missão Diante do Trono (DT), Ana Paula e a família chegaram em Angola, no início deste mês. 

No país africano, eles visitaram as comunidades Camama,Talatona e Camizungo, localizadas em Luanda, capital do país.

Em Camizungo, Ana testemunhou muitos momentos marcantes em suas redes sociais. Dentre eles, a pastora dançou e louvou com os aldeões, recebeu presentes e visitou locais apoiados pela missão DT.

Sobre a alegria da comunidade alcançada pelo Evangelho, Ana compartilhou: “Mesmo com tão pouco eles cantam e dançam enquanto declaram: ‘Ah Jesus é bom’. Que nossa alegria também esteja naquilo que nunca pode ser tirado de nós”.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ana Paula Valadão Bessa (@anapaulavaladao)

Ainda em Camizungo, Ana relatou que 54 casas — que antes eram de zinco — estão sendo reconstruídas com tijolos fabricados localmente, “trazendo mais qualidade de vida para as famílias”.

Na região, está localizada a escola CEDUC Camizungo, com 755 alunos: “Esse é um dos projetos da ONG Atos, o braço da Missão DT aqui”, contou Ana.

“A ONG Atos possui também o CEDUC Zango, outra sede da escola com 802 alunos e a Casa do Amor que acolhe órfãos e crianças deficientes”, acrescentou.

Segundo ela, em 2023, foram realizadas 273.600 refeições no refeitório de Camizungo. 

“Quando viajamos para cá não apenas nos doamos, mas acima de tudo recebemos e aprendemos. Somos contagiados com tanta alegria”, afirmou a pastora.

“O Senhor está transformando o Camizungo. E nós estamos testemunhando o que está acontecendo lá”, concluiu Ana Paula.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ana Paula Valadão Bessa (@anapaulavaladao)

Grande Comissão

Recentemente, Ana Paula exortou os cristãos a refletirem sobre a maneira como tem se envolvido com missões e afirmou que a Igreja tem negligenciado a ordem de Cristo sobre a Grande Comissão.

Ana informou que mais de 7 mil povos não alcançados esperam pelo Evangelho. Sobre isso, ela relatou que a Igreja tem falhado naquilo que é o mais importante que Jesus ordenou — cumprir a Grande Comissão.

Para ela, isso é uma estratégia do diabo para reter as missões e os cristãos precisam entender e discernir os enganos e as astúcias dele. Então, ela encorajou os cristãos a viverem um despertamento e encorajamento missionário.

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/missoes-acao-social/ana-paula-valadao-ministra-em-presidio-de-angola-e-mais-de-60-homens-sao-batizados.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Anunciantes